Filipe Vargas

Depois de dez anos a trabalhar como criativo em várias agências de publicidade, Filipe Vargas resolve começar de novo e inicia aos 32 anos os seus estudos de teatro em Madrid. Alguns anos mais tarde, volta para Portugal onde se estreia na representação na série Conta-me como foi. Ao longo das quatro temporadas a encarnar o papel de Dino, o calista, Filipe Vargas foi também dando os primeiros passos na sua outra paixão, o cinema. Começa por filmar com Bruno de Almeida, em The Lovebirds, sucedendo-se uma já considerável lista de realizadores, nacionais e estrangeiros, como Manoel de Oliveira, João Botelho, Joaquim Leitão, João Nicolau, Raoul Ruiz, Bille August, Stan Douglas, entre muitos outros. Ultimamente pudemos vê-lo como Inácio, em Coração d’Ouro, na SIC, e na comédia A mãe é que sabe, de Nuno Rocha. Actualmente encontra-se em filmagens na primeira longa-metragem do premiado realizador Gabriel Abrantes.