António Marujo

É licenciado em Comunicação Social e exerce jornalismo desde 1985. Colaborou nos programas Toda a Gente É Pessoa (Antena 1) e Setenta Vezes Sete (RTP), e ainda no semanário Expresso. Foi jornalista da revista Cáritas (1986-89), do Diário de Lisboa (1989) e do Público, cuja redação integrou desde a fundação, em setembro de 1989, até janeiro de 2013, acompanhando a informação religiosa. Foi distinguido, em 1995 e 2006, com o Prémio Europeu de Jornalismo na Imprensa Não-Confessional (instituído pela Conferência das Igrejas Europeias e pela Fundação Templeton). Participou em diversas publicações e obras coletivas. Publicou vários livros, entre os quais A Lista do Padre Carreira (ed. Vogais, 2016), a história desconhecida do padre Joaquim Carreira que escondeu refugiados durante a II Guerra Mundial; Diálogos com Deus em Fundo (Gradiva, 2014) e Deus Vem a Público (Pedra Angular, 2011), com dezenas de entrevistas sobre questões religiosas e sociais; Lugares do Infinito (Paulinas, 2014), reportagens e guia de mosteiros com hospedaria, com fotos de Daniel Rocha; Francisco Pastor para uma Nova Época (Paulinas, 2013), sobre o início do pontificado do Papa Francisco; O Coração da Igreja Tem de Bater (Paulinas, 2013), entrevista com o P. Joaquim Carreira das Neves.