Pedro Santos Guerreiro

43 anos, jornalista. É diretor do Expresso. Colunista semanal no Record, na Rádio Renascença e na Monocle 24. Participa com regularidade em programas de informação de televisão, rádio e em conferências. Foi até Dezembro de 2013 diretor do Jornal de Negócios, publicação de que foi fundador em 1997. Publicou e colaborou em diversos órgãos de comunicação social, em

Portugal e no estrangeiro, incluindo nas estações de televisão CNN, CCTV e Aljazeera, nas rádios Monocle 24 e BBC, nos jornais The Guardian, Legal Business, El País, ABC e O Globo. Publicou, em coautoria com Fernando Sobral, os livros Os Mais Poderosos da Economia Portuguesa e A Teia do Poder. É licenciado em Gestão pelo ISG e MBA pela Universidade Nova de Lisboa. Iniciou a carreira de jornalista em 1996, no Semanário. Foi Prémio Excelência no Jornalismo Económico em 2012, da Ordem dos Economistas, 1º Prémio Jornalismo Económico da Universidade Nova/Santander Totta 2013 e 2014. Nasceu em Lisboa em 1973. Viveu em Viseu até 1991.